14-03-06_Análise-Semiotica

61 %
39 %
Information about 14-03-06_Análise-Semiotica
Education

Published on March 10, 2014

Author: agarruda

Source: slideshare.net

Description

Elementos para uma análise semiótica. Signo, significante, significado. Conotação e denotação. Funções de linguagem. Pierce, Saussure, Jackobson.

Slides da disciplina Comunicação e Semiótica, ministrada aos alunos de Jornalismo e de Publicidade e Propaganda do 1º período da Universidade de Mogi das Cruzes (UMC) pela prof. ms. Agnes Arruda.

Universidade de Mogi das Cruzes (UMC) 10/03/2014 Prof. Ms. Agnes Arruda | Comunicação e Semiótica 1

Primeiros Passos Prof. Ms. Agnes Arruda | Comunicação e Semiótica10/03/2014 2

 ... É importante lembrar que:  Semiótica é o “Estudo dos Sinais”  Sinais podem ser qualquer “coisa”  Só são sinais as coisas que significam outras coisas  Coisas só podem ter significado na cabeça das pessoas, ou seja: ▪ Não há sinal, nem significado, sem o interpretante 10/03/2014 Prof. Ms. Agnes Arruda | Comunicação e Semiótica 3

 Signo se manifesta em 3 níveis:  Primeiridade  Secundidade  Terceiridade  Podendo também ser:  Ícone  Índice  Símbolo 10/03/2014 Prof. Ms. Agnes Arruda | Comunicação e Semiótica 4

 Criou a Semiologia  Semiótica aplicada às Ciências Sociais  Sinais (signos) não são elementos separados da sociedade. Não é possível definir o significado para determinado signo sem que o contexto social influencie. 10/03/2014 Prof. Ms. Agnes Arruda | Comunicação e Semiótica 5

 Significante  Objetivo  Significado  Subjetivo 10/03/2014 Prof. Ms. Agnes Arruda | Comunicação e Semiótica 6

 “Língua” também é um signo  Assume funções dentro da sociedade  Funções de linguagem ▪ Algumas: expressiva, apelativa, denotativa, fática, poética... 10/03/2014 Prof. Ms. Agnes Arruda | Comunicação e Semiótica 7

 Funções de Linguagem  Metalinguística ▪ Refere-se à metalinguagem, que é quando o emissor explica um código usando o próprio código. Quando um poema fala da própria ação de se fazer um poema, por exemplo.Veja: “Pegue um jornal Pegue a tesoura. Escolha no jornal um artigo do tamanho que você deseja dar a seu poema. Recorte o artigo.” Este trecho da poesia, intitulada “Para fazer um poema dadaísta” utiliza o código (poema) para explicar o próprio ato de fazer um poema. Prof. Ms. Agnes Arruda | Comunicação e Semiótica10/03/2014 8

Prof. Ms. Agnes Arruda | Comunicação e Semiótica10/03/2014 9

 Denotação  Significado literal ou primário da palavra, imagem ou SIGNO  Aquilo que é literal, explícito ▪ Significante  Conotação  Ideia ou sentimento que a palavra, imagem ou SIGNO invoca além do seu sentido ou interpretação primária  Aquilo que está associado, implícito ▪ Significado Prof. Ms. Agnes Arruda | Comunicação e Semiótica10/03/2014 10

Denotação SIGNIFICANTE Conotação SIGNIFICADO Descrição O que isso sugere? O que É isso? Quais são as associações? O que é óbvio? O que você poderia relacionar com isso? O que está bem à vista? O que está implícito? Prof. Ms. Agnes Arruda | Comunicação e Semiótica10/03/2014 11

Prof. Ms. Agnes Arruda | Comunicação e Semiótica10/03/2014 12

Denotação SIGNIFICANTE Conotação SIGNIFICADO Boneca loira, alta, magra, cintura fina. Padrão de beleza para poucos. Boneca Barbie, lançada em 1959. Fim de uma era de mulheres submissas, não é uma boneca “bebê”. Muito bonita, maquiada, vestido e acessórios da moda. Faz parte de uma sociedade de consumo, na qual meninas são induzidas à compra e a estarem sempre na moda. Prof. Ms. Agnes Arruda | Comunicação e Semiótica10/03/2014 13

 Algumas questões:  Qual o significante e qual o significado?  Qual o sistema que dá esses significados?  Quais códigos podem ser encontrados?  Quais questões ideológicas e sociológicas estão envolvidas?  Como a mídia pode afetar este texto? Prof. Ms. Agnes Arruda | Comunicação e Semiótica10/03/2014 14

Prof. Ms. Agnes Arruda | Comunicação e Semiótica10/03/2014 15

Add a comment

Related presentations