04g LINK UNISO MIS SIM 02 2001

50 %
50 %
Information about 04g LINK UNISO MIS SIM 02 2001
Entertainment

Published on October 24, 2007

Author: Shariyar

Source: authorstream.com

Slide1:  PEDIDO DO APRESENTADOR Prof. Dr. TIBOR SIMCSIK para o UNISO - 02.2001 Apresento o ORIGINAL da APOSTILA de apoio ao cursoADM. DE MKTG em nível de Pós-Graduação “Lato Sensu’ e para a disciplina SISTEMA DE INFORMAÇÃO EM MKTG –SIM/MIS Por favor, ORIENTO para os seguintes PROCEDIMENTOS : REPRODUZIR conforme o ORIGINAL, isto é, com CAPAS, ESPIRAL, mantendo a mesma forma de encadernação e seqüência de numeração e posição das páginas ( frente e verso e posicionamento dos slides – cuidado para não inverter...). Um SLIDE por Página . REPRODUZIR para o número total de alunos, MAIS 4 ( quatro ), isto é, para o Coordenador, Escola ( Biblioteca ), Secretaria do Pós e uma para o Professor ( p/ uso em classe e posterior arquivo na Pasta Suspensa com a documentação do mesmo). Identificar cada apostila com uma etiqueta com o nome do participante e Entregar, sob recibo de entrega. Solicitar ao participante que leia a MENSAGEM do Apresentador, no início da apostila, e se possível, seguir a orientação. e) Devolver ESTE original no início do encontro. f) Alertar que o livro não é obrigatório. Obrigado. 1 UNIVERSIDADE DE SOROCABA Campus Seminário / Pós-Graduação SISTEMA DE INFORMAÇÃO EM MKTG SIM - MIS através da  Modelagem e Mapeamento do CONHECIMENTO MERCADOLÓGICO Prof. Dr. Tibor Simcsik   PTA & Consultor 2:  UNIVERSIDADE DE SOROCABA Campus Seminário / Pós-Graduação SISTEMA DE INFORMAÇÃO EM MKTG SIM - MIS através da  Modelagem e Mapeamento do CONHECIMENTO MERCADOLÓGICO Prof. Dr. Tibor Simcsik   PTA & Consultor 2 Slide3:  MENSAGEM DO APRESENTADOR Prof. Dr. TIBOR SIMCSIK V. ESTÁ RECEBENDO UM RESUMO DO CURSO ADM DE MKTG e DA DISCIPLINA “SIM –SISTEMA DE INFORMAÇÃO EM MKTG” e para tirar o melhor proveito do CURSO, SUGIRO: a) Informe-se dos assuntos através do Índice Temático e Apresentação Geral – Letra A). Decifre os dois Enigmas. b) Compreenda a Letra B aplicado à sua empresa..DEFINA cada “C”. c) Escolha e leia um ASSUNTO que lhe interesse ( letras C e D ). d) Se tiver tempo, leia os demais itens. Se tiver o livro “O Novo Executivo em Ação” procure complementar o seu conhecimento. e) Para obter uma avaliação PREPARE-SE individualmente ou em grupo para o exercício solicitado na Letra E ) f) Em todas as folhas há linhas para V. fazer comentários que auxiliem o desenvolvimento da reunião. f “Não tenha medo de CPC’s pois só assim V. dará uma chance a si. mesmo...” Até Breve! 3 Slide4:  UNIVERSIDADE DE SOROCABA CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO “LATO SENSU” ADMINISTRAÇÃO DE MARKETING - TURMA 1 - MEU NOME:_______________________________________ meu telefone_________________e e.mail_________________ Coordenadora: Ana Maria Gurgel de Oliveira Gonzalez Datas: 13 e 20.02.2001 06, 13 e 20.03.2001 4 Através da análise sistêmica da empresa e da visão transdepartamental, o curso aborda, com diferentes graus de profundidade a empresa como um todo e sua necessidade íntima de fazer-se conhecer e, principalmente, entender-se. Uma premissa básica é colocada: O marketing interno deve preceder o marketing externo, conforme as palavras de Philip Kotler. Destaque para os múltiplos relacionamentos pessoais e profissionais nos processos de Comunicação, Negociação, Mediação e Arbitragem internas visando a Solução de Conflitos, Problemas, Crises e a Tomada de Decisão. 5:  Através da análise sistêmica da empresa e da visão transdepartamental, o curso aborda, com diferentes graus de profundidade a empresa como um todo e sua necessidade íntima de fazer-se conhecer e, principalmente, entender-se. Uma premissa básica é colocada: O marketing interno deve preceder o marketing externo, conforme as palavras de Philip Kotler. Destaque para os múltiplos relacionamentos pessoais e profissionais nos processos de Comunicação, Negociação, Mediação e Arbitragem internas visando a Solução de Conflitos, Problemas, Crises e a Tomada de Decisão. 5 O resultado é : 1- valorização dos e tratados como colaboradores, 2- dos prestadores de serviços em qualquer nível, 3- o crescimento pessoal através da motivação, e 4- profis. pela possibilidade de novas iniciativas 5- e da aplicação prática do aprendizado transformada em produtividade e qualidade. 6:  O resultado é : 1- valorização dos e tratados como colaboradores, 2- dos prestadores de serviços em qualquer nível, 3- o crescimento pessoal através da motivação, e 4- profis. pela possibilidade de novas iniciativas 5- e da aplicação prática do aprendizado transformada em produtividade e qualidade. 6 Slide7:  VISÃO EMPRESARIAL DO MIS Indicado para profissionais e empresas, que utilizando o TEAL – Treinamento Experencial ao Ar Livre e TIPOR-Técnicas, Instrumentos e Programas de Otimização de Recursos, procuram e desejam um diferencial oferecendo uma oportunidade para novos conhecimentos que irão maximizar os resultados práticos das equipes de trabalho e apresentar diferentes formas de avaliação dos conhecimentos tanto práticos como teóricos. 7 Slide8:    DATAS DE AULAS Cinco Terças-feiras: 19:00 h às 22:30 h 13 e 20/02; 06,13 e 20/03/2001  METODOLOGIA A disciplina será desenvolvida através dos trabalhos participativos realizados durante o curso que resultam num possível Mapa do Conhecimento empresarial e outros trabalhos propostos..   PROPOSTA DE AVALIAÇÃO A disciplina é própria para trabalhos práticos e dirigidos para a realidade vivenciada pelo aluno; assim, um visão subjetiva de MIS – SIM será avaliada através de uma apresentação no último dia de aula – 20.03.2001. 8 Slide9:  DOUTRINA Acostumados a um estilo de gerenciamento, a um “status quo” tranqüilo e quase estático, os gerentes tradicionais sofrem com as mudanças na busca da eficiência operacional. *As empresas dinâmicas, com alta velocidade de mudanças tecnológicas precisam compreender que a adaptação exigida aos novos processos operacionais está no homem, principalmente no grau de interação entre os trabalhadores e o empresário. ín “Como aumentar a Participação” do livro “O NOVO EXECUTIVO EM AÇÃO” de Zilda e Tibor Simcsik. - pg. 100 9 Slide10:  A QUEM SE DESTINA A todos os profissionais que direta ou indiretamente estão relacionados com os clientes internos e externos e que desejam maximizar o seu próprio talento e o potencial não explorado. Também é indicado para aprimorar as competências de relacionamento pessoal, formal e informal, nos conflitos, problemas e crises -CPC que ocorrem no dia-a-dia empresarial. 10 Slide11:  VISÃO GERAL DECIFRA-ME ou TE DEVORO NOSSO ESTUDO E’ 1) UM LONGO CAMINHO CURTO OU 2) UM CURTO CAMINHO LONGO Por que? B) VOCÊ CONSIDERA A EMPRESA 3) UM RIO OU 4) UMA POÇA Por quê? Autorizada a Reprodução, citada a fonte e o autor. 11 Slide12:  Decifra-me: NOSSO ESTUDO E’ UM LONGO CAMINHO CURTO se optarmos por COMPREENDER INICIALMENTE, PARA CRER COM PESQUISAS ( Sto Tomas de Aquino, por Summa, sacralizando ARISTÓTELES ) ou UM CURTO CAMINHO LONGO Se optamos por CRER INICIALMENTE, PARA COMPREENDER COM PESQUISAS ( Santo Agostinho, por Soliloquium, sacralizando PLATÃO ) EM AMBOS OS CASOS QUALQUER ESTUDO EM BUSCA DO CONHECIMENTO É UMA QUESTÃO DE P _ _ _ U _ _ _ R ( VER PG. 65 do livro “O NOVO EXECUTIVO EM AÇÃO” ) 12 Slide13:  Decifra-me: RIO QUER GERAR A LONGEVIDADE E O DESENVOLVIMENTO DO SEU PRÓPRIO POTENCIAL – E’ A EMPRESA COMUNIDADE/CIDADÃ ié, PRIMEIRO LUGAR A OTIMIZAÇÃO DAS PESSOAS; ocorrendo determina a OTIMIZAÇÃO DO CAPITAL e a RIQUEZA fertil. * Água CORRENTE até turbulenta onde os pingos são flexíveis e onde o Rio dura várias vezes mais que a vida de cada gota de água que o forma... POÇA QUER GERAR O MÁXIMO DE RESULTADOS COM O MÍNIMO DE RECURSOS - E’ EMPRESA ECONÔMICA/MONETÁRIA ié, AS PESSOAS SÃO ACESSÓRIOS DA MÁQUINA DE FAZER DINHEIRO PARA POUCOS; determina a MAXIMIZAÇÃO do LUCRO imediatista. *Água PARADA em área restrita aos pingos de chuva reunidos num buraco. Tem a existência de acordo com a vida das gotas, estagnadas e em esgotamento contínuo. Consultar pg 52 do livro “O NOVO EXECUTIVO EM AÇÃO” 13 Slide14:  FILOSOFIA O PROFISSIONAL é marca e não mais um título ou cargo numa empresa. Todos nós temos ao nosso redor mil e uma oportunidades de virar uma marca digna daqueles dois e muito mais minutos de sucesso na televisão e na Internet. Ler a Apresentação do livro “O novo executivo em ação” - pg. 11 14 ÍNDICE TEMÁTICO 15 :  ÍNDICE TEMÁTICO 15 Slide16:  A) APRESENTAÇÃO GERAL B) TTDC's C) SIM / MIS C.1 - CRIAÇÃO DE UM SISTEMA DE INFORMAÇÃO DE MKTG ·        C.2 - PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO E A COLETA DE DADOS ·        C.3 - AVALIAÇÃO E ANÁLISE DAS INFORMAÇÕES ·        C.4 - DISSEMINAÇÃO E RESPOSTAS DAS INFO-CHAVE PARA OS PROCESSOS DE TOMADA DE DECISÃO-TD C.5 - TD EM CONFLITOS, PROBLEMAS E CRISES C.6 – MAPA DO CONHECIMENTO – MATRIZ DA INT.EMPRES-IE D) EXERCÍCIO E) ENDEREÇO DO AUTOR 16 Slide17:  A) APRESENTAÇÃO GERAL 17 Slide18:  VISÃO CONHECIMENTOS COM BASES SÓLIDAS EM DIÁLOGOS E PESQUISAS PERMITEM A CONSTRUÇÃO DE ALTAS FORMAS DE PENSAR E AGIR. MISSÃO TRANSFORMAR O IMPORTANTE EM INTERESSANTE, DESPERTANDO O DESEJO DE (R)EVOLUÇÃO PARA A REALIZAÇÃO PESSOAL E PROFISSIONAL ATRAVÉS DA PARTICIPAÇÃO COM A CONSEQÜENTE LIBERDADE DE OPINIÃO Consultar pg 30 do livro “O Novo Executivo em Ação) 18 Slide19:  OBJETIVOS (consultar pg.96 do livro indicado ) 1) Analisar os Modelos voltados ao MIS – SIM nas Organizações e avaliar os SISTEMAS DE INTELIGÊNCIA EMPRESARIAL sob a visão Estratégica, em três momentos (Passado, Presente e Futuro- PPF). 2) Comparar a teoria e a prática através de TEMAS de SIM envolvendo tanto Recursos Materiais como Humanos. 3) Acompanhar experiências de outras regiões e a ação dos homens públicos, executivos e ao mesmo tempo empregados, nos processos globalizantes e emergentes. Meus objetivos gerais e particulares: 19 Slide20:  MiniCV do Prof. Dr. T I B O R S I M C S I K * Doutor em Comunicação e Semiótica – ênfase em “Tecnologias da Informação”, pela PUC-SP (1998) tendo desenvolvido seus créditos na FGV-SP ( MKTG e INFO) e na USP ( RH ). Tese: INFO X RH. * Mestre em Adm. de Empresas pela PUC-SP ( Dissertação: Comissão de Fábrica ), além de Especialista em Didática do Ensino Superior e Informática (Mack e USJT). Graduado em Adm. Emp. (TCC: Budget e Adm.Fin.) e Direito. E’ consultor “ad hoc” do MEC. E’ PTA de executivos e MENTOR de alunos.. * Atuou na GE, como Advogado e Gerente de RH, quando acumulou cargos de Ser. Gerais, Logística, Importação, Compras e Comunicação; atuou também na United Shoe Machinary, Melhoramentos, COSIPA e SABESP. * Autor dos livros de RH e OMIS e de Manuais de Comunicação e RH. Publicou em 2.000 : O NOVO EXECUTIVO EM AÇÃO. Em 04/2001 lança a 2da edição, pela FUTURA/SICILIANO do livro OMIS/OSM. * Diretor-proprietário desde 1980 da empresa PROSELCO-Consultoria Empresarial, Acadêmica e de Recursos Humanos fundada em 1964. 20 Slide21:  Bibliografia Consultada e Recomendada Simcsik, Tíbor – OMIS – Organização, Métodos, Informação e Sistemas – 2 vol. – Ed. McGraw-Hill, SP, 92 _____________ - RH - 2 vol. - Ed. COAD, R.Janeiro, 1988. _____________ - O Novo Executivo em Ação. STS, 2000 Kotler - Marketing Público, Ed. Makron, 2.000 Kuazaqui, E. Mktg Turístico e de Hospitabilidade, Makron, 00 Porter, M. – Estratégia Competitiva – Ed. Campus, 1986. Naisbit, John – Megatendências – Amana-Key, 1987 Freemantle, David - Chefes Incríveis, McGraw-Hill, 1993 Bethel, S.M. Qualidades que fazem de V. um líder, Makron, 97 21 Slide22:  Bibliografia Consultada e Recomendada( cont ) Drucker, P.F. – Administrando para o Futuro. Ed.Pioneira, 99 Gomes, J.S. - Controle de Gestão- Ed. Atlas, 1997 Robbins, S.P. - O processo Administrativo- Ed. Atlas, 81 Carthy, J.J.Mc - Por que os Gerentes Falham-Makron-88 Coleção FSP/Ed.Campus, 2.000-artigos pela internet: e.mail:publifolha@uol.com.br Toffler, A. – O Choque do Futuro, Ed. Record. 1998 Série Qualidade Brasil - ABIAQ–Ed. Pioneira–99– GRIFFO. Polloni, E.G.F. Sistemas de Informação. Ed. Futura. 2000 22 SUGESTÕES BIBLIOGRÁFICAS( cont) Livros sugeridos: MAKRON BOOKS ( tel: 0 xx 11 8206622 ) barabba - a voz do mercado cannie - mantendo clientes fiéis e para sempre fourneies - por que os clientes nunca fazem o que voce gostaria que fizessem friedman - não obrigado, estou só olhando gouvea - marca e distribuição hooley - posicionamento competitivo jutkins - o poder do marketing direto kotler - marketing público mahfood - transformando um cliente insatisfeito em um cliente para sempre marks - marketing de rede mc halton - telemarketing total 23:  SUGESTÕES BIBLIOGRÁFICAS( cont) Livros sugeridos: MAKRON BOOKS ( tel: 0 xx 11 8206622 ) barabba - a voz do mercado cannie - mantendo clientes fiéis e para sempre fourneies - por que os clientes nunca fazem o que voce gostaria que fizessem friedman - não obrigado, estou só olhando gouvea - marca e distribuição hooley - posicionamento competitivo jutkins - o poder do marketing direto kotler - marketing público mahfood - transformando um cliente insatisfeito em um cliente para sempre marks - marketing de rede mc halton - telemarketing total 23 SUGESTÕES BIBLIOGRÁFICAS ( cont ) Livros sugeridos: MAKRON BOOKS ( tel: 0 xx 11 8206622 ) minervini - exportar: competitividade e organização mirshawka -criando valor para o cliente rapp - o novo maxi-marketing - os vencedores ries - foco nas 22 consagradas leis de marketing sardinha - formação de preço schultz - o novo paradigma de marketing shapiro - conquistando clientes - mantendo clientes stone - histórias de sucesso em marketing direto trout - o novo posicionamento tschohl - a satisfação do cliente - encantando totalmente o cliente westwood - o plano de marketing 24:  SUGESTÕES BIBLIOGRÁFICAS ( cont ) Livros sugeridos: MAKRON BOOKS ( tel: 0 xx 11 8206622 ) minervini - exportar: competitividade e organização mirshawka -criando valor para o cliente rapp - o novo maxi-marketing - os vencedores ries - foco nas 22 consagradas leis de marketing sardinha - formação de preço schultz - o novo paradigma de marketing shapiro - conquistando clientes - mantendo clientes stone - histórias de sucesso em marketing direto trout - o novo posicionamento tschohl - a satisfação do cliente - encantando totalmente o cliente westwood - o plano de marketing 24 SUGESTÕES BIBLIOGRÁFICAS ( cont ) Livros sugeridos: Ed. ATLAS ( tel: 0 xx 11 2219144 ) cassaro - sistema de preço para tomada de decisões - atender é vender ries & trout - posicionamento: a batalha pela sua mente sant’anna - propaganda: teoria, técnica e prática vaz - marketing institucional Livros sugeridos:Ed. Saraiva ( tel: 0 xx 11 3613.3000 ) www.editorasaraiva.com.br.uni) Churchill,Jr.G. e Peter.J.P. - Marketing Sandhusen, R.L - Marketing Básico Keegan, W.J. e Green.M.C. - Princípios de Mktg Global Goes, A.C. e all: - Adm de Vendas 25:  SUGESTÕES BIBLIOGRÁFICAS ( cont ) Livros sugeridos: Ed. ATLAS ( tel: 0 xx 11 2219144 ) cassaro - sistema de preço para tomada de decisões - atender é vender ries & trout - posicionamento: a batalha pela sua mente sant’anna - propaganda: teoria, técnica e prática vaz - marketing institucional Livros sugeridos:Ed. Saraiva ( tel: 0 xx 11 3613.3000 ) www.editorasaraiva.com.br.uni) Churchill,Jr.G. e Peter.J.P. - Marketing Sandhusen, R.L - Marketing Básico Keegan, W.J. e Green.M.C. - Princípios de Mktg Global Goes, A.C. e all: - Adm de Vendas 25 Slide26:  Endereços Eletrônicos úteis ( Todos: www ; e.mails - indicados ) TI, Comércio Eletrônico e Sist.Conhecimento kmi.open.ac.uk ( Open University ); kmci.org (ingl); baan.com.br; brint.com; kmetasite.org (espanhol); sap.com.br; vm.com.br; e-outlet.com.br; br.ibm.com/e.business/e.business.html Agroindustria - Rural - Cooperativismo ocesp.org.br; ( atendimento@ocesp.org.br) ; agrosite.com.br; agriz.com.br; agro1,com.br; agrosite.com.br; agrocast.com.br; clubedofazendeiro.com.br; agropool.com; ocesp.org.br; megaagro.com.br; portaldocampo.com.br; nossaterra.com.br; topnegocios.com.br; e.mail: ainor@pagri.rct-sc.br; BB= www.agronegocios-e.com.br (compra/venda de tudo agric.) 26 Slide27:  Endereços Eletrônicos úteis (cont) ( Todos: www ; e.mails - indicados ) Administração Pública e Serviços web-brazil.com/gestaolocal; bcb.gov.br; polis.org.br; undime@yawh.com.br; www1.estado.com.br/especiais; anteag.org.br; empresario.com.br; newspaper.com.br; e.mails: anteag@artlink.com.br; polis@polis.org.br; Educação e Editoras starmedia.com.br/estacaoeducacao; edi.org.br; makron.com.br; estudegratis.com.br (info); widebiz.com.br; cherto.com.br; e.mail: info@campos.com.br; simprosp@sinprosp.org.br; submarino.com.br; semesp.org.br; sebonet.trix.net; superlojas.com.br/sebos 27 Slide28:  Filmes em Vídeo - Sugestões 1) Poder, Empreendedor, Criatividade, Cobiça Na roda da Fortuna - Tim Robbins e Paul Newman Wall Street - Michael Douglas - Charlie Sheen - Daryl Hannah Cocktail - Tom Cruise e Byran Brown A casa dos Espíritos – Meryl Streep e Antonio Banderas 2) Marketing, Adm. Mercadológica, Reuniões de Vendas O sucesso a qualquer preço - Al Pacino, Alec Baldwin e J. Lemmon Sem fôlego – Madonna e Michel J. Fox. 3) Rivalidades, Intrigas, Relações Humanas, Política E la Nave Va - Frederico Fellini -Coleção Folha Os Donos do Poder - Richard Gere e Julie Christie Tempo de Despertar - Robert De Niro e Robin Williams O Destino do Poseidon - Ernest Borgnine e Gene Hackman Sociedade dos Poetas Mortos – 1989 – Robin William O Piano – Holly Hunter e Harvey Keitel 28 Slide29:  Filmes em Vídeo - Sugestões 4) Liderança, Comprometimento, Qualidade de Vida no Trabalho F.I.S.T. - Sylvester Stallone HOFFA - Jack Nicholson e D. DeVito Um Diretor contra todos - James Betushi 5) Informação, Comunicação, Pressão, Ética O Poder da Notícia - Stanley Tucci Rede de Intrigas - Faye Dunaway, William Holdem e Peter Finch A Firma - Tom Cruise O Destino do Poseidon –Ernest Borgnine e Gene Hackman 6) Diversos Fernão Capelo Gaivota de Jonatham L. Seagall Ford - O Homem e a Máquina - Hope Lange e Cliff Robertson The Wonders - O sonho não acabou - Tom Hanks - Liv Tyler 29 Slide30:  Filmes em Vídeo - Amostras e Mensagens 01) 02:21 - Branca de Neve - Todos temos segredos. 02) 05:15 - Casablanca - O tempo não apaga, mas passa. 03) 06:12 - Castelo Rá-Tim-Bum - Vivemos por senhas. 04) 10:33 - FIST - Somos escolhidos, não escolhemos. 05) 13:15 - Rússia-Moscou - O passado marca o presente 06) 16:53 - O sucesso a qualquer preço - Regra AIDA em vendas ( Atenção, Interesse, Decisão e Ação ). 07) 20:33 - Iguaçu e Amazonas - Conviver e não acabar com eles. 08) 29:19 - Na roda da Fortuna - Poder/Esperteza e Medo/Inocência. 09) 29:54 - Trailer - Usamos mascaras. Quantas por dia? 10) 41:35 - Danúbio - Homem faz e desfaz, mas só a fé mantém. 11) 43:14 - Família - Unida no amor e na dor. 12) 45:21 - Hoffa - Sem medo, sem temor. 13) 50:40 - Wall Street - Visão global, procurar não esperar. 14) 54:44 - E la Nave Va - História feita de amor e ódio permanece. 15) 57:32 - Branca de Neve - Momentos são feitos de canções. 16) 58:05 - Aladin - Quem é seu gênio, santo, anjo ou protetor? Ou, Precisamos de mágica para viver... 30 Slide31:  CONTATOS ÚTEIS 1) Assoc. Empr. Peq. E Média Empresa - 0--11-574.55ll 2) Assoc. Comercial - 0--11-244.3030 3) Desempi - 0--11-252.4453 4) Disque-Tecnologia - USP 0--11-211.0801 5) QSP Centro de Qualidade - 0--11-881.6999 6) Sebrae-SP - 0800-780202 6a) Senac - 0--11-236.2011 7) Senai - 0800-551000 7a) Simpi - 0--11-852.5211 8) WTC Club - 0--11-3043.7100 9) Simpec - 0--11-280.5083 10) União Nac. Dirig. Munic. De Ensino - 0--61-328.8194 11) Busca Internet: www.altavista.com e/ou www.yahoo.com 12) Cartola Clube -Av.Brig.Luiz Antonio 2332 -tel 2886039) 31 Slide32:  CONTATOS ÚTEIS ( cont ) 13) Legião Estrangeira: www.info-france-usa.org/fr/missions/ambass/legion/legion/htm 14) Estatísticas oficiais dos EUA: www.fedstats.gov 15) Idéias p/ Deputados/senadores: www.congressonacional.com.br 16) P/crianças: www.beritsbest.com 17) Fontes jornalísticas: web.lexis-nexis.com ; www.elibrary.com ; www.northernlight.com 18) Artes: www.casadeportinari.com.br 19) Institutos: Inmetro: http//inmetro.gov.br ; Idec: www.uol.com.br/idec 20) Mundo científico: www.scicentral.com 21) Trabalho lá fora: www.overseasjobs.com ; international.monster.com 22) Inst. de Téc. de Massachusetts : www.media.mit.edu 32 Slide33:  CONTATOS ÚTEIS ( cont ) 23) www.lineinvest.com.br p/ aplicações em fundos via Bco Itaú. 24) www.topnegocios.com.br - p/ pequenos empresários 25) www.Curriculum.com.br e www.empregos.com.br - p/ CV e emprego 26) www.intermanagers.com.br - artigos de “gurus” e Universidades mundiais 27) www.empresario.com.br - p/ pequenos empresários on-line 28) FunckedCompany.com - p/ analise de empresas “pontocom” 29) wwwl.estado.com.br - p/ assuntos e reportagens especiais do OESP 30) www.shopcontrol.com.br - p/ montagem de loja virtual ( R$ 190,00 ) 31) SQL Server 2000 Standard ou Enterprise com recursos p/ e.commerce. 32) www.prossiga.cnpq.br - p/ PESQUISAS ACADÊMICAS 33) www.gestaoempresarial.com.br - p/ Business Inteligence - Intel. Empres. 34) www.edunexo.com.br - p/ profissionais da educação interagirem. 35) www.fipe.com/mediar - p/ pesquisas empresariais ( PLR, Sindicatos, etc.) 33 Slide34:  CONTATOS ÚTEIS ( cont ) 36) Trabalho Voluntariado - FIESP - Centro de Voluntariado de SP Av. Paulista 1313 - 1º andar - tel 284.7171 www.voluntariado.org.br; www.filantropia.org; www.amigosescola.com.br; www.programavoluntarios.org.br; 37) Estudos Agrários: http://fealq.esalq.usp.br ( Luiz de Queiroz-Piracicaba) 38) Humor: www.bundasnet.com.br 39) FIDES - Ética empresarial - fides@fides.org.br 40) Anote outros: 34 Slide35:  ) TTDC’s Teoria dos Treze Duplos C’s 35 Slide36:  Teoria dos Treze Duplos “C”s A Gestão Estratégica de Negócios exige a/os O rganização, M étodos, I nformação e S istemas ( OMIS ) aplicados às funções executivas de P lanejar, O rganizar, L iderar e A valiar, ( POLA ) para ações de INT EGRAÇÃO, TRE INAMENTO, DES ENVOLVIMENTO e RECI CLAGEM da * CONCEPÇÃO PROFISSIONAL * CONSCIÊNCIA PESSOAL * CONTRIBUIÇÃO PARTICIPATIVA * CONSTANTE PARCERIA * CONHECIMENTO CRESCENTE e são descritos em 6 níveis de políticas conhecidas pela sigla: DOMPTA’s. 36 Slide37:  ...o CONHECIMENTO...não está sujeito a retornos diminutivos. Pg.184 – Mudanças Organizacionais D iretriz/Visão/Missão LLP Conselhos - Proprietários - F ILOSOFIA e DOUTRINA Acionistas - > 25 anos O bjetivos LP Diretores - Alta Gerência E STRATÉGIAS e VALORES de 10 a 25 anos M etas MP Gerências - Médias Ger. de 5 a 10 anos P rojetos CP Supervisores - Líderes T ÁTICAS de 1 a 5 anos T arefa CCP Ser Multifuncional O PERACIONAIS até 12 meses A tividades A/A Ser Humano Aqui/Agora 37 Slide38:  PARA CONSTRUIR OS DOMPTA’s recorremos, entre outras ferramentas, à TTDC’s. São 13 duplos pontos ( PALAVRAS-CHAVE ) criados e implementados através da Integração e Interação de OMIS com RH, por APARHum (Adequação, Permanência e Acompanhamento dos RHum), em processos Sistêmicos Abertos, onde através de técnicas de MODELAGEM e MAPEAMENTO DO CONHECIMENTO e do PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO chega-se na análise dos: 38 Slide39:  1 - C omportamentos para o C rescimento 2 - C onflitos, Problemas e C rises -CPCs 3 - C omunicação C rítica 4 - C ompreensão da C ultura 5 - C onfiança no C aráter 6 - C riatividade na análise das C ondições 7 - C onsenso para a C onformidade 8 - C oesão para a C ontribuição 9 - C ompromisso C onvergente 10 - C ooperação e C ompensação 11 - C onectividade para a C omposição 12 - C oerência na C omplexidade 13 - C orrelação no C onhecimento. 39 Slide40:  A transversalidade com idéias pró-ativas resultará na VC -Vantagem Competitiva pela aplicação das funções P LANEJAMENTO ( FETO ), da O RGANIZAÇÃO da Hierarquia de Valores-HV e de Decisões - HD das formas avançadas de L IDERANÇA (ABCDP-Autocrata,Burocrata,Clube, Democrata e Participativa), da A VALIAÇÃO ( SAPO - Subjetiva, Advertidora, Permanente e Objetiva) que solidificará, no indivíduo o seu CONCEITO DE CIDADANIA PARTICIPATIVA. . 40 C) SIM / MIS C.1 - CRIAÇÃO DE UM SISTEMA DE INFORMAÇÃO DE MKTG C.2 - PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO E A COLETA DE DADOS C.3 - AVALIAÇÃO E ANÁLISE DAS INFORMAÇÕES – DOMPTA’s C.4 - DISSEMINAÇÃO E RESPOSTAS DAS INFO-CHAVE PARA OS PROCESSOS DE TOMADA DE DECISÃO-TD C.5 - TD EM CONFLITOS, PROBLEMAS E CRISES C.6 – MAPA DO CONHECIMENTO – MATRIZ DA INTELIGÊNCIA EMPRESARIAL -IE 41:  C) SIM / MIS C.1 - CRIAÇÃO DE UM SISTEMA DE INFORMAÇÃO DE MKTG C.2 - PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO E A COLETA DE DADOS C.3 - AVALIAÇÃO E ANÁLISE DAS INFORMAÇÕES – DOMPTA’s C.4 - DISSEMINAÇÃO E RESPOSTAS DAS INFO-CHAVE PARA OS PROCESSOS DE TOMADA DE DECISÃO-TD C.5 - TD EM CONFLITOS, PROBLEMAS E CRISES C.6 – MAPA DO CONHECIMENTO – MATRIZ DA INTELIGÊNCIA EMPRESARIAL -IE 41 Slide42:      C.1 - CRIAÇÃO DE UM SISTEMA DE INFORMAÇÃO DE MKTG Marketing é o processo de planejamento e execução da concepção, determinação de preço, comunicação e distribuição de idéias, bens e serviços, para criar trocas que satisfaçam objetivos individuais e organizacionais (definição da American Marketing Association) 42 Slide43:      C.1 - CRIAÇÃO DE UM SISTEMA DE INFORMAÇÃO DE MKTG (cont) MARKETING É UM SUB-SISTEMA DO SISTEMA EMPRESA QUE ADMINISTRA A 1. CONCEPÇÃO, 2. PRODUÇÃO/PRODUCT, 3. PREÇO/PRICE, 4. PROMOÇÃO/PROMOTION, 5. LOGÍSTICA DE DISTRIBUIÇÃO DE PRODUTOS OU SERVIÇOS/PLACE 6- PEOPLE/PESSOAS COM A FINALIDADE DE: SATISFAZER AS NECESSIDADES E EXPECTATIVAS DOS CLIENTES 43 C.1 - CRIAÇÃO DE UM SISTEMA DE INFORMAÇÃO DE MKTG (cont) Visão Geral do MIS Definição: Ações da Administração Geral integradas com as de Marketing, na estrutura da empresa e do mercado, envolvendo qualquer tipo de colaboradores ou não com os DOMPTA’s, com a finalidade de atender da melhor forma possível os clientes ( internos/externos ) em todos os Ambientes ( Interno, Fronteira ou Externo Ai/Af/Ae ). Chamada de INTELIGÊNCIA EMPRESARIAL – IE ou ESPIONAGEM INDUSTRIAL - EI 44:  C.1 - CRIAÇÃO DE UM SISTEMA DE INFORMAÇÃO DE MKTG (cont) Visão Geral do MIS Definição: Ações da Administração Geral integradas com as de Marketing, na estrutura da empresa e do mercado, envolvendo qualquer tipo de colaboradores ou não com os DOMPTA’s, com a finalidade de atender da melhor forma possível os clientes ( internos/externos ) em todos os Ambientes ( Interno, Fronteira ou Externo Ai/Af/Ae ). Chamada de INTELIGÊNCIA EMPRESARIAL – IE ou ESPIONAGEM INDUSTRIAL - EI 44 C.1 - CRIAÇÃO DE UM SISTEMA DE INFORMAÇÃO DE MKTG (cont) Marketing – Premissas para o SIM:  C.1 - CRIAÇÃO DE UM SISTEMA DE INFORMAÇÃO DE MKTG (cont) Marketing – Premissas para o SIM Kotler ( 1998: 104 ) define o SIM, como “uma estrutura contínua e em interação de pessoas, equipamentos e procedimentos para juntar, classificar, avaliar e distribuir informações pertinentes, oportunas e precisas para o uso por tomadores de decisão de marketing para melhorar o planejamento, a execução e o controle de marketing”. satisfação do cliente todos se ocupam do Marketing – MIS/SIM orientação de toda a empresa para o Marketing comprometimento do executivo principal 45 Makron Books Slide46:  OFERTAS Produtos,serviços, etc. OBJETIVOS DO FORNECEDOR: Sobrevivência Financeira Social Espiritual Ecológica, etc. Satisfação do cliente OBJETIVOS DO CLIENTE Soluções Benefícios, etc. Compras, apoio, etc. RESPOSTAS Conceito de Marketing 46 Makron Books C.1 - CRIAÇÃO DE UM SISTEMA DE INFORMAÇÃO DE MKTG (cont) C.2 - PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO E A COLETA DE DADOS:  C.2 - PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO E A COLETA DE DADOS finalidade do negócio-PDG análise Setorial-SIM estratégia Central-PDM análise de Empresa-SIM objetivo de mercado posicionamento competitivo vantagem diferencial controle implementação organização mix de Marketing Makron Books 47 C.2 - PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO E A COLETA DE DADOS(cont) Processo de Planejamento de Portfólio:  C.2 - PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO E A COLETA DE DADOS(cont) Processo de Planejamento de Portfólio defina a unidade estratégica de negócios –UEN, ou Célula ou semelhante para a análise analise a posição atual de cada UEN com os Padrões e Parâmetros “Budgetados”; examine os inter-relacionamentos – transdepartamentalidade ou transversalidade projete o futuro de cada UEN pelo PE projete o portfólio futuro pelo PFETO 48 Makron Books C.2 - PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO E A COLETA DE DADOS(cont) Análise da Empresa:  C.2 - PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO E A COLETA DE DADOS(cont) Análise da Empresa avaliação dos pontos fortes e fracos da empresa identificação das competências centrais da organização – FCS – Fatores Críticos de Sucesso listagem dos ativos de marketing verificação de PE anteriores e seus resultados Identificação da VC – VANTAGEM COMPETITIVA Comprometimento com o SIM 49 Makron Books C.2 - PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO E A COLETA DE DADOS(cont) Ativos de Marketing:  C.2 - PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO E A COLETA DE DADOS(cont) Ativos de Marketing baseado no cliente reputação marca pais de origem domínio de mercado produtos superiores baseado ações internas custo informação cadastro tecnologia patentes know-how licenças pessoal baseado na distribuição rede física poder exclusividade entrega Fornecimento LOGISTICA ativos de marketing Makron Books C.2 - PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO E A COLETA DE DADOS(cont) Processo de Pesquisa de Posicionamento:  C.2 - PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO E A COLETA DE DADOS(cont) Processo de Pesquisa de Posicionamento determine a concorrência determine as dimensões da concorrência determine as posições dos concorrentes determine as posições dos clientes determine a decisão de posicionamento rastreie a Decisão por SIM Makron Books 51 C.2 - PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO E A COLETA DE DADOS(cont) Avaliação de Mercados-alvo- FATORES:  C.2 - PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO E A COLETA DE DADOS(cont) Avaliação de Mercados-alvo- FATORES mercado - tamanho do segmento - previsibilidade - taxa de crescimento do segmento - elasticidade - estágio de evolução do setor - sazonalidade - sensibilidade a preços - ciclicidade - poder de barganha dos clientes econômicos e tecnológicos - barreiras à entrada - poder de barganha dos fornecedores - barreiras à saída - nível de utilização de tecnologia - investimento necessário - margens realizáveis - Banco de Dados adaptado aos diferentes tipos de INFO 52 Makron Books C.2 - PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO E A COLETA DE DADOS(cont) Avaliação de Mercados-alvo:  C.2 - PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO E A COLETA DE DADOS(cont) Avaliação de Mercados-alvo fatores competitivos - intensidade da concorrência - qualidade da concorrência - ameaça de substituição - grau de diferenciação fatores ambientais - exposição a oscilações econômicas - exposição a fatores políticos e legais - grau de regulamentação - aceitabilidade social - impacto físico-ambiental Makron Books C.2 - PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO E A COLETA DE DADOS(cont) Avaliação da Empresa em Relação aos Mercados-alvo:  C.2 - PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO E A COLETA DE DADOS(cont) Avaliação da Empresa em Relação aos Mercados-alvo posição atual de mercado - participação relativa de mercado - taxa de mudança da participação - ativo de marketing exploráveis - produtos e serviços valorizados posição econômica e tecnológica - posição relativa de custo - utilização da capacidade - posição tecnológica perfil da capacidade - capacidade e acuidade da gerência - capacidade de marketing - integração para frente e para trás 54 Makron Books C.2 - PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO E A COLETA DE DADOS(cont) Criação de Vantagem Competitiva de Custo:  C.2 - PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO E A COLETA DE DADOS(cont) Criação de Vantagem Competitiva de Custo escala experiência utilização da capacidade interligações inter-relacionamentos integração fatores funcionais localização escolha de políticas adequação no tempo custos Makron Books 55 C.2 - PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO E A COLETA DE DADOS(cont) Criação de Vantagem Competitiva VC por Diferenciação:  C.2 - PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO E A COLETA DE DADOS(cont) Criação de Vantagem Competitiva VC por Diferenciação diferenciação do produto EXCLUSIVIDADE VALORIZADA diferenciação da distribuição diferenciação de preço diferenciação de comunicação Makron Books 56 C.3 - AVALIAÇÃO E ANÁLISE DAS INFORMAÇÕES – DOMPTA’s Estratégias de Marketing:  C.3 - AVALIAÇÃO E ANÁLISE DAS INFORMAÇÕES – DOMPTA’s Estratégias de Marketing 1) Estratégias de nicho de mercado - Perfil dos gerentes: criadores 2) Estratégia de colheita - Perfil dos gerentes: raspadores 3) Estratégia de desinvestimento/desativação/eliminação - Perfil dos gerentes: economizadores 4) Estratégia de MIS/SIM – Perfil: Empreendedores: * Coleta com funcionários concorrentes Coleta com pessoas que fazem negócios com os concorrentes Coleta de materiais publicados e docs. Públicos Coleta de observação de concorrentes e sua evidência pública Coleta conforme a estrutura dos DOMPTA’s/PE 57 Makron Books C.3 - AVALIAÇÃO E ANÁLISE DAS INFORMAÇÕES – DOMPTA’s Doutrina / Diretriz, Objetivos, Metas, Projetos, Tarefas e Atividades.Valores. Theodore Levitt ( Miopia em Mktg ) afirma, como Doutrina, Diretriz, Filosofia, Visão ou Missão, que : “Para atrair clientes TODA a empresa deve ser considerada um organismo destinado a criar e atender clientes. A Administração Mercadológica não deve julgar que sua tarefa é fabricar produtos, mas, sim, proporcionar satisfações que conquistem os clientes”. :  C.3 - AVALIAÇÃO E ANÁLISE DAS INFORMAÇÕES – DOMPTA’s Doutrina / Diretriz, Objetivos, Metas, Projetos, Tarefas e Atividades.Valores. Theodore Levitt ( Miopia em Mktg ) afirma, como Doutrina, Diretriz, Filosofia, Visão ou Missão, que : “Para atrair clientes TODA a empresa deve ser considerada um organismo destinado a criar e atender clientes. A Administração Mercadológica não deve julgar que sua tarefa é fabricar produtos, mas, sim, proporcionar satisfações que conquistem os clientes”. C.3 - AVALIAÇÃO E ANÁLISE DAS INFORMAÇÕES – DOMPTA’s (cont) Como OBJETIVOS, ESTRATÉGIAS e VALORES, temos OBTER E MANTER clientes, tanto internos como externos exige ATITUDES, TTDC’s, MIS/SIM, ÉTICA, ESTILOS, COMPROMISSOS, COMPROMETIMENTOS COMPORTAMENTOS e INSTRUMENTOS ( e outros que V. deve indicar para sua empresa ) e tudo começa com um DIAGNÓSTICO CLARO da situação ( DIAGNOSE SITUATION ou TIPOR ) . 59 :  C.3 - AVALIAÇÃO E ANÁLISE DAS INFORMAÇÕES – DOMPTA’s (cont) Como OBJETIVOS, ESTRATÉGIAS e VALORES, temos OBTER E MANTER clientes, tanto internos como externos exige ATITUDES, TTDC’s, MIS/SIM, ÉTICA, ESTILOS, COMPROMISSOS, COMPROMETIMENTOS COMPORTAMENTOS e INSTRUMENTOS ( e outros que V. deve indicar para sua empresa ) e tudo começa com um DIAGNÓSTICO CLARO da situação ( DIAGNOSE SITUATION ou TIPOR ) . 59 Slide60:  C.3 - AVALIAÇÃO E ANÁLISE DAS INFORMAÇÕES – DOMPTA’s OBJETIVO Manter um mercado orientado para o cliente. Mas os cenários de Qualidade Total e Competição Sofisticada exigem do SIM: 1- a contínua valorização das pessoas 2 -a veloz e descentralizada TD 3 -a coesão da ET/GT, 4- qualidade total, e, 5- a circulação dos dados/informações, 6- outros ( indique para sua empresa ) para que ? 60 C.4 - DISSEMINAÇÃO E RESPOSTAS DAS INFO-CHAVE PARA OS PROCESSOS DE TOMADA DE DECISÃO-TD A DOUTRINA que predomina em MIS determina que as POLÍTICAS (ou DOMPTA’s)atinjam todos os interessados em adequar o produto às expectativas de QUALIDADE do consumidor final, seja ele um CLIENTE INTERNO ou EXTERNO. PARA TANTO DIAGNÓSTICOS são necessários dos Ai e Ae e irão exigir: 61:  C.4 - DISSEMINAÇÃO E RESPOSTAS DAS INFO-CHAVE PARA OS PROCESSOS DE TOMADA DE DECISÃO-TD A DOUTRINA que predomina em MIS determina que as POLÍTICAS (ou DOMPTA’s)atinjam todos os interessados em adequar o produto às expectativas de QUALIDADE do consumidor final, seja ele um CLIENTE INTERNO ou EXTERNO. PARA TANTO DIAGNÓSTICOS são necessários dos Ai e Ae e irão exigir: 61 Slide62:  C.4 - DISSEMINAÇÃO E RESPOSTAS DAS INFO-CHAVE PARA OS PROCESSOS DE TOMADA DE DECISÃO-TD ( cont ) 1- Chamamento à Parceria, à Cooperação e à Lealdade; 2- Valorização do colaborador no GT ou ET 3- Integração baseada nos valores e objetivos da Empresa 4- Reforço contínuo dos valores compartilhados 5- Recompensas dirigidas ao GT/ET 62 Slide63:  C.4 - DISSEMINAÇÃO E RESPOSTAS DAS INFO-CHAVE PARA OS PROCESSOS DE TOMADA DE DECISÃO-TD ( cont ) 6- Criação de ambiente de interação dentro da Empresa 7- Envolvimento no PFETO e nos processos de SCPC/TD 8- Estímulo à iniciativa e à atitude criativa e empreendedora 9- Delegação de poderes de acordo com a função exercida e participação no processo produtivo 10- Remuneração e benefícios adequados. 63 Slide64:  C.4 - DISSEMINAÇÃO E RESPOSTAS DAS INFO-CHAVE PARA OS PROCESSOS DE TOMADA DE DECISÃO-TD ( cont ) Vantagem Competitiva - VC e o cliente satisfeito. VC é possuir um SI/MIS/SIG e uma boa rede de CO Uma INFO é excelente quando não se esgota em si mesma e se transforma em CO no processo de resolução de CPC’s com possibilidade de feedback. Tanto a INFO como a CO necessitam da SEGMENTAÇÃO do mercado interno da Empresa Por quê? Slide65:  C.4 - DISSEMINAÇÃO E RESPOSTAS DAS INFO-CHAVE PARA OS PROCESSOS DE TOMADA DE DECISÃO-TD ( cont ) Por quê? Porque MIS é, basicamente SEGMENTADOS, pois, uma das finalidades é buscar encontrar os grupos homogêneos, isto é, com necessidades, expectativas, atitudes e comportamentos afins. Ex: Grupos homogêneos de Mktg, de Produção, de Auxiliares, de Boys, de Qualidade, etc. Slide66:  C.4 - DISSEMINAÇÃO E RESPOSTAS DAS INFO-CHAVE PARA OS PROCESSOS DE TOMADA DE DECISÃO-TD ( cont ) VC materializa-se na REALIZAÇÃO do MIS 1- Identifique os seus clientes internos/externos 2- Segmente-os cf o tipo de serviço/produto 3- Procure obter o feedback do serviço/produto 4- Identifique os FCS Fat Cr de Suces-impacto 5- Saiba identificar e analisar o ciclo de produto/serviço 66 Slide67:  C.4 - DISSEMINAÇÃO E RESPOSTAS DAS INFO-CHAVE PARA OS PROCESSOS DE TOMADA DE DECISÃO-TD ( cont ) 6- Identifique os itens para um possível RELATÓRIO DO CLIENTE como: ( indique ferramentas e outros itens além dos seguintes: ) a) Qualidade da relação pessoal do contato direto b) Rapidez do atendimento c) Qual da INFO ou do equipamento fornecido d) conhecimento técnico de quem entra em contato com o cliente e) disponibilidade do dept. para atender o cliente f) flexibilidade para atender a pedido extras e fora do comum g) capacidade de ser pró-ativo sempre com mais Kaisen. h) FCS relacionados pelo cliente/usuário 67 Slide68:  C.4 - DISSEMINAÇÃO E RESPOSTAS DAS INFO-CHAVE PARA OS PROCESSOS DE TOMADA DE DECISÃO-TD ( cont ) FCS - Atributos básicos para a VC FAZER MELHOR DO QUE OS OUTROS OU FAZENDO ALGO DIFERENCIADO DOS OUTROS ESTRATÉGIA: CAPACIDADE DE ADEQUAR O PRODUTO À PERCEPÇÃO DO CLIENTE ( Se uma empresa diz que seu negócio é QUALIDADE, e ao primeiro obstáculo corre a REDUZIR OS CUSTOS relacionados com QUALIDADE, está mentindo e todos vão saber disso, daí...) SEPARAÇÃO ENTRE PRODUTO E SERVIÇO DESAPARECE. Hoje VALE É O HÍBRIDO DOS 2. 68 Slide69:  C.4 - DISSEMINAÇÃO E RESPOSTAS DAS INFO-CHAVE PARA OS PROCESSOS DE TOMADA DE DECISÃO-TD ( cont ) SURGE A CULTURA DO SERVIÇO QUE 1- EXIGE visão clara do serviço/produto orientado para o negócio 2- EXIGE compromisso dos membros da empresa com a política de compartilhar os valores do conhecimento 3- EXIGE prioridade ao cliente que orienta toda a linha de ação da empresa 4- EXIGE Empresa criar uma promessa de produto/serviço de maneira especial 69 Slide70:  C.4 - DISSEMINAÇÃO E RESPOSTAS DAS INFO-CHAVE PARA OS PROCESSOS DE TOMADA DE DECISÃO-TD ( cont ) 5- Políticas internas orientadas para a Qualidade, Cooperação, Recompensa e disseminação dos DOMPTA’s. 6- Ambiente com valores compartilhados e sinérgicos 7 - MUDANÇA, processo que transforma os conflitos, problemas e crisesem causas, que depois de detectadas tornam-se a solução 70 Slide71:  C.4 - DISSEMINAÇÃO E RESPOSTAS DAS INFO-CHAVE PARA OS PROCESSOS DE TOMADA DE DECISÃO-TD ( cont ) 8- COACH a) orienta para serviço ao cliente b) consulta e ouve todos membros da ET/GT c) desenvolve o feedback recebido d) sabe recompensar e e) indaga sobre a QVT C.4 - DISSEMINAÇÃO E RESPOSTAS DAS INFO-CHAVE PARA OS PROCESSOS DE TOMADA DE DECISÃO-TD ( cont ) UM DIAGNÓSTICO de TD com apoio do SIM exige: 1-REVER DOMPTA’s e ATITUDES RELACIONADAS 2-ANALISAR VALORES, OBJETIVOS e ESTRATÉGIAS 3-ENVOLVER E COMPROMETER OS COLABORADORES COM METAS ou COTAS 4-INTEGRAR SETORES e UNIDADES/CELULAS 5-INCORPORAR OS DOMPTA’s ao COTIDIANO DE CADA UM... 72:  C.4 - DISSEMINAÇÃO E RESPOSTAS DAS INFO-CHAVE PARA OS PROCESSOS DE TOMADA DE DECISÃO-TD ( cont ) UM DIAGNÓSTICO de TD com apoio do SIM exige: 1-REVER DOMPTA’s e ATITUDES RELACIONADAS 2-ANALISAR VALORES, OBJETIVOS e ESTRATÉGIAS 3-ENVOLVER E COMPROMETER OS COLABORADORES COM METAS ou COTAS 4-INTEGRAR SETORES e UNIDADES/CELULAS 5-INCORPORAR OS DOMPTA’s ao COTIDIANO DE CADA UM... 72 C.4 - DISSEMINAÇÃO E RESPOSTAS DAS INFO-CHAVE PARA OS PROCESSOS DE TOMADA DE DECISÃO-TD ( cont ) MIS busca POR DOMPTA’s 1-INTEGRAÇÃO DOS SETORES DA EMPRESA 2-DISSEMINAM A NOÇÃO DE CLIENTE INT/EXTERNO 3-VALORIZAM A FUNÇÃO E O PRÓPRIO COLABORADOR dentro DOS PROCESSOS 4- MKTG INTERNO QUE PRECEDE O MKTG EXTERNO 5 - OPERAÇÕES FLEXÍVEIS 6 - QUALIDADE E DOWNSIZING. Norbert Wiener: “Viver efetivamente é viver com a informação adequada” e com produtos que tenham a Qualidade que atendam as minhas expectativas finais. 73:  C.4 - DISSEMINAÇÃO E RESPOSTAS DAS INFO-CHAVE PARA OS PROCESSOS DE TOMADA DE DECISÃO-TD ( cont ) MIS busca POR DOMPTA’s 1-INTEGRAÇÃO DOS SETORES DA EMPRESA 2-DISSEMINAM A NOÇÃO DE CLIENTE INT/EXTERNO 3-VALORIZAM A FUNÇÃO E O PRÓPRIO COLABORADOR dentro DOS PROCESSOS 4- MKTG INTERNO QUE PRECEDE O MKTG EXTERNO 5 - OPERAÇÕES FLEXÍVEIS 6 - QUALIDADE E DOWNSIZING. Norbert Wiener: “Viver efetivamente é viver com a informação adequada” e com produtos que tenham a Qualidade que atendam as minhas expectativas finais. 73 C.4 - DISSEMINAÇÃO E RESPOSTAS DAS INFO-CHAVE PARA OS PROCESSOS DE TOMADA DE DECISÃO-TD ( cont ) BENCHMARKING A LÓGICA DE APRENDER COM O MELHOR * AMBICIOSO POR BUSCAR A VANTAGEM COMPETITIVA * USA A INTELIGENCIA PARA APROPRIAR-SE DAS IDÉIAS VENCEDORAS - MAPA DO CONHECIMENTO EM MKTG * PROCURA SUPERAR A CRISE DE TALENTOS, DE CAPACIDADE, DE VISÃO E ATÉ DE QUALIDADE 74:  C.4 - DISSEMINAÇÃO E RESPOSTAS DAS INFO-CHAVE PARA OS PROCESSOS DE TOMADA DE DECISÃO-TD ( cont ) BENCHMARKING A LÓGICA DE APRENDER COM O MELHOR * AMBICIOSO POR BUSCAR A VANTAGEM COMPETITIVA * USA A INTELIGENCIA PARA APROPRIAR-SE DAS IDÉIAS VENCEDORAS - MAPA DO CONHECIMENTO EM MKTG * PROCURA SUPERAR A CRISE DE TALENTOS, DE CAPACIDADE, DE VISÃO E ATÉ DE QUALIDADE 74 C.4 - DISSEMINAÇÃO E RESPOSTAS DAS INFO-CHAVE PARA OS PROCESSOS DE TOMADA DE DECISÃO-TD ( cont ) BENCHMARKING revela que: MIS passam por 5 estágios nas Empresas ( indique ao lado o estágio que V. está ) 1-SÓ O MÍNIMO, nem EXISTEM. Vendas simples. 2- HÁ ALGO LIGADO AO DEPT DE VENDAS e de RH 3-CRIAM-SE O DEPT DE MKTG e de MIS 4- MKTG e MIS ATUAM E EXIGEM 5 - CRIA-SE SINERGIA COM OS DEMAIS DEPTs da EMPRESA através do PDG e PDM. 75 :  C.4 - DISSEMINAÇÃO E RESPOSTAS DAS INFO-CHAVE PARA OS PROCESSOS DE TOMADA DE DECISÃO-TD ( cont ) BENCHMARKING revela que: MIS passam por 5 estágios nas Empresas ( indique ao lado o estágio que V. está ) 1-SÓ O MÍNIMO, nem EXISTEM. Vendas simples. 2- HÁ ALGO LIGADO AO DEPT DE VENDAS e de RH 3-CRIAM-SE O DEPT DE MKTG e de MIS 4- MKTG e MIS ATUAM E EXIGEM 5 - CRIA-SE SINERGIA COM OS DEMAIS DEPTs da EMPRESA através do PDG e PDM. 75 Slide76:  C4 - DISSEMINAÇÃO E RESPOSTAS DAS INFO-CHAVE PARA OS PROCESSOS DE TOMADA DE DECISÃO-TD ( cont ) PLANO DIRETOR ( enfoque GERAL e MKTG ) ESTRUTURA BÁSICA : Os 15 títulos e os 92 sub-itens bem como a ordem devem ser adaptados conforme os interesses da empresa e as áreas focadas. 1 ) EMPRESA ( idéia geral e justificativas ) Introdução:Breve histórico com os DOMPTA’s da mesma 1a) CONCEITO DA EMPRESA SOBRE SUAS ÁREAS DE MKTG INFORM. - FINAN. - PROD. - ADM. - COMPRAS e RH 1b) CONCEITO DA EMPRESA SOBRE SEUS RECS. MATER.e HUM. 1c) CLIMA/CULTURA ORGANIZACIONAL Anuncia o assunto e o caminho a ser seguido. 2) EMPRESA X MERCADO ( desdobramentos e condições ) 2a) SIM 2b)FORNECEDORES e NEGOCIAÇÃO 2b) DEMOGRAFIA 2c) CONJUNTO DE NECESSIDADES 2d) COBERTURA POR VENDEDORES 2e) DIFICULDADES FINANCEIRAS 2f) MARGENS DE CONTRIBUIÇÃO PARA O LUCRO 76 Slide77:  C4 - DISSEMINAÇÃO E RESPOSTAS DAS INFO-CHAVE PARA OS PROCESSOS DE TOMADA DE DECISÃO-TD ( cont ) PLANO DIRETOR ( enfoque GERAL e MKTG ) - cont 3) EMPRESA X CONSUMIDOR 3a) SEGMENTAÇÃO DO MERCADO E DO CONSUMIDOR 3b) COMPORTAMENTO DO CONSUMIDOR NA COMPRA 3c) LOCALIZAÇÃO GEOGRÁFIA E POLOS DEMOGRÁFICAS 4- EMPRESA X PRODUTO 4a) DIFERENCIAÇÃO E POSICIONAMENTO DO PRODUTO 4b) CARACTERÍSTICAS FUNCIONAIS DO PRODUTO 4c) CRITÉRIOS DE JULGAMENTO NOVOS PRODUTOS 5- EMPRESA X PESQUISA & DESENVOLVIMENTO - P&D 5a) PORCENTAGEM DE P&D SOBRE O FATURAMENTO 5b) NOVOS PRODUTOS E USOS-DIVERRSIFICAÇÃO 5c)PROTÓTIPO & MODELAGEM 6) EMPRESA X CONSUMIDOR 6a) DIREITOS/DEFESA DO CONSUMIDOR/SAC 6b) EDUCAÇÃO AO CONSUMIDOR - DUMPING 6c) PUFFERY - EXALTAR A QUALIDADE DE UM PRODUTO 6d) LOBBY - SUBORNO - SISTEMAS DE VALORES 77 Slide78:  C4 - DISSEMINAÇÃO E RESPOSTAS DAS INFO-CHAVE PARA OS PROCESSOS DE TOMADA DE DECISÃO-TD ( cont ) PLANO DIRETOR ( enfoque GERAL e MKTG ) (cont ) 7) EMPRESA X ECONOMIA 7a) ECONOMIA DE LIVRE INICIATIVA e a MISTA 7b) CUSTOS nas QUESTÕES AMBIENTAIS e ECOLÓGICAS 7c) AUTORITARISMO NORMATIVO 8) EMPRESA X MARKETING (específico) 8a) PAPEL DOS LÍDERES DE MARKETING 8b) MICRO/MESO/ MACRO AMBIENTE - MIS 8c) VARIÁVEIS CONTROLÁVEIS/INCONTROLÁVEIS 9- EMPRESA X GLOBALIZAÇÃO 9a) MARKETING GLOBAL 9b) CORPORAÇÕES MULTINACIONAIS – MNCs 9c) VANTAGEM COMPARATIVA E COMPETITIVA 9d) ALIANÇAS ESTRATÉGICAS NO MARKETING GLOBAL - LICENCIAMENTO/JOINT VENTURES/CONSÓRCIOS/PARCERIAS 78 Slide79:  C4 - DISSEMINAÇÃO E RESPOSTAS DAS INFO-CHAVE PARA OS PROCESSOS DE TOMADA DE DECISÃO-TD ( cont ) PLANO DIRETOR ( enfoque GERAL e MKTG ) (cont ) 10- EMPRESA X ACOMPANHAMENTO DO PRODUTO 10a) DIFERENCIAÇÃO FUNCIONAL x EMOCIONAL 10b) MARCA - VALORES - MARCAS DE FABRICANTE / de FAMILIA 11- EMPRESA X COMUNICAÇÃO ( EM MARKETING ) 11a) DOMPTA’s NA COMUNICAÇÃO e o MIX DA COMUNICAÇÃO 11b) EXPOSIÇÃO, RECEPÇÃO E RETENÇÃO SELETIVA 11c) MEIO, MENSAGEM, INTENÇÕES, EMISSOR, RECEPTOR 12-EMPRESA X EQUIPE DE VENDAS 12a) RECRUTAMENTO, SELEÇÃO, TREINAMENTO e RECICLAGEM 12b) PORCENTAGEM DAS VENDAS- EFETIVIDADE-EFICÁCIA 12c) QUALIDADES HUMANAS OBJETIVAS e SUBJETIVAS 12d) VENDAS PESSOAIS,IMPESSOAIS E EMPATIA CULTURAL 13) EMPRESA X PROMOÇÃO DE VENDAS 13a)MARKETING DIRETO e a MÍDIA GLOBAL - DEMANDA 13b) MATERIAIS DE PONTO DE COMPRAS - EXPERIMENTAÇÃO 13c) INCENTIVOS - AMOSTRAS - COTA DE VENDAS – PPLR 79 Slide80:  C4 - DISSEMINAÇÃO E RESPOSTAS DAS INFO-CHAVE PARA OS PROCESSOS DE TOMADA DE DECISÃO-TD ( cont ) PLANO DIRETOR ( enfoque GERAL e MKTG ) (cont ) 14- EMPRESA X PROPAGANDA & CRIAÇÃO 14a) PROPAG. POR TIPO DE CLIENTE,PRODUTO e INSTITUCIONAL 14b) AÇÃO DIRETA E AÇÃO INDIRETA 14c) TÉCNICA DE CRIAÇÃO - ESFORÇO CRIATIVO 15- EMPRESA X OUTROS FATORES 15a) SOCIAIS & POLÍTICOS 15b) LEGISLAÇÃO 15c) ECOLOGIA 15d) IMPRENSA 15e) SINDICALIZAÇÃO 15f) IGREJA 15g) FATORES INTERNACIONAIS Todos os itens apresentados devem ser: 1) DEFINIDOS 2) SE POSSÍVEL, EXEMPLIFICADOS 3) SUB-DIVIDIDOS EM NOVOS ITENS e REDEFINIDOS 4) QUANTIFICADOS POR ÁREAS, PRODUTOS, PESSOAS 5) MEDIDOS COM OS PLANOS ANTERIORES 6) COMPROMETIDOS COM PREMISSSAS E ASSINADAS NO FINAL PELOS PARTICIPANTES E ENVOLVIDOS. Slide81:  C.5 - TD EM CONFLITOS, PROBLEMAS E CRISES MARKETING voltado para a Empresa e para o Mercado exige a descentralização de boa parte das decisões nos processos de Tomada de Decisão em Conflitos, Problemas e Crises – CPC’s. Isto é tornar a Empresa mais FLEXÍVEL, inclusive pela consciência dos DIREITOS DO CONSUMIDOR. C.Grönroos chama de Economia de serviço, sociedade de serviço ou competição por serviço. Ou, a conexão íntima entre o setor de Bens de Produção e o setor de serviços. Resultado: SIM em destaque, inclusive pelo SAC... Slide82:  C.5 - TD EM CONFLITOS, PROBLEMAS E CRISES ( cont ) EXEMPLO PRÁTICO DE ABORDAGEM DOMPTA’s para o sucesso do SIM: OBJETIVOS Integrar a noção de cliente nos processos internos da estrutura organizacional para propiciar melhorias substanciais na qualidade de produtos e serviços e nos dados do SIM. METAS: Atrair e reter o cliente interno com a função de obter resultados eficientes para a empresa, atraindo e retendo seus clientes externos, estruturando um SIM. 82 Slide83:  C.5 - TD EM CONFLITOS, PROBLEMAS E CRISES ( cont ) EXEMPLO PRÁTICO DE ABORDAGEM DOMPTA’s para o sucesso do SIM: PROJETO:Adequar a Empresa a um mercado orientado para o cliente. TAREFAS: Analise da moral dos colaboradores Necessidades não satisfeitas Cultura da organização ATIVIDADES: Administração de CPC de interesses divergentes e conflitantes no dia-a-dia da Empresa. 83 Slide84:  C.5 - TD EM CONFLITOS, PROBLEMAS E CRISES ( cont ) CLIENTE INSATISFEITO NÃO RECLAMA. Vai embora Para cada cliente que RECLAMA, HÁ OUTROS 20 QUE NÃO RECLAMAM. Os que não reclamam, até 90% deixam de comprar o produto... Slide85:  C.5 - TD EM CONFLITOS, PROBLEMAS E CRISES ( cont ) 4 premissas básicas para a TD e solução de CPC’s através do emprego do SIM/MIS: 1) mercado orientado para o cliente 2) COLABORADORES SÃO CLIENTES COM EXPECTATIVAS 3)envolvimento e comprometimento com os DOMPTA’s 4) ORGANIZAÇÃO QUE APRENDE CONTINUADAMENTE 85 Slide86:  C.5 - TD EM CONFLITOS, PROBLEMAS E CRISES ( cont ) Para evitar que o SIM transforme-se em CPC’s sugere-se um Planejamento e Organização do Marketing e do SIM PLANEJAR E ORGANIZAR exige condições ONDE OS: a) SIM devem ser vistos como parte do PDG b) SIM exigem apoio decisivo do comando da Empresa c) SIM torna-se uma Ferramenta para a TD de Mktg 86 Slide87:  C.5 - TD EM CONFLITOS, PROBLEMAS E CRISES ( cont ) d) SIM exige a avaliação dos Pontos Fortes, Médios e Fracos da Empresa ( indique alguns na sua empresa ) e) SIM deve enfrentar barreiras como: fatores psicológicos, valores obsoletos, hábitos adquiridos, estruturas inflexíveis, resistências pessoais, ridicularização, oposição, contestação, ( indique outros ) e, f) SIM são aceitos por auto-evidentes e seus gerentes comprometidos tornam-se AGENTES DE MUDANÇAS. Um EXEMPLO PRÁTICO de formulários de PE – Planejamento Estratégico como suporte para a TD é apresentado na letra D) EXERCÍCIO. 87 Slide88:  C.6 – MAPA DO CONHECIMENTO – MATRIZ DA INTELIGÊNCIA EMPRESARIAL -IE MAPA DO CONHECIMENTO para a Liderança e Avaliação do Marketing e do SIM é Fundamental. Quatro funções P , O , L e A integram-se com O, M, I e S para explicitarem a realidade empresarial e desenvolverem a: 1)criar a CONSCIÊNCIA ESTRATÉGICA 2)manter a CULTURA DE SERVIÇO/PROD 3)expandir a CULTURA DE SERVIÇO/PROD através da COMUNICAÇÃO e de ATITUDES como envolvimento, comprometimento, qualificação, valorização e responsabilidade para a iniciativa SIM. UM EXEMPLO PRÁTICO é apresentado no item D - Exercícios 88 Slide89:  C.6 – MAPA DO CONHECIMENTO – MATRIZ DA INTELIGÊNCIA EMPRESARIAL –IE ( cont ) Programa de Implantação dos SIM através da técnica A ORGANIZAÇÃO QUE APRENDE ( o que é? ) SISTEMA TIPOR Técnicas ( Diagnóstico e LSD, LSI e LSC ) Instrumentos ( Atitudes e Comportamentos ) Programas ( Treinamento, Seleção, Carreira, Motivação e Sistemas de Informação e outros ) Otimização dos RHu - ADEQUAÇÃO ( APARHum ) PERMANÊNCIA ACOMPANHAMENTO e RMa - QUALIDADE LOGÍSTICA 4 P’s 89 Slide90:  C.6 – MAPA DO CONHECIMENTO – MATRIZ DA INTELIGÊNCIA EMPRESARIAL –IE ( cont ) A ORGANIZAÇÃO QUE APRENDE Peter Senge-MIT -a quinta disciplina 1º) RACIOCÍNIO SISTÊMICO: Organização da aprendizagem é um espaço onde a pessoa aprende a criar e a mudar a sua própria realidade. Permite abordar CPC’s complexos. Aprende a visão global. 2º) MODELOS MENTAIS: Decidir pela simples observação, comparando o que vê com os modelos que possui. PE 

Add a comment

Related presentations

Related pages

Diario de la marina - UFDC Home

r 2pldaglaJh 2001 do lulln 17 do m d ro.lumbiea ... Marcha mis shave y acojinada ... DIARIO DE LA MARINA.-Marlv, ...
Read more

Diario de la marina - UFDC Home

Permanent Link: http://ufdc.ufl.edu/UF00001565/15881. Material Information ... de mis chlaboradoresav de los funcionarlo5 del Cesariin Joe controles tan ...
Read more